RESENHA DE ÁLBUNS

ÁLBUM: Funk Generation, de Anitta.

Anitta retorna com força total em “Funk Generation”, seu mais novo álbum que celebra as origens e a evolução do funk carioca. 

Com 15 faixas contagiantes, a cantora explora diferentes vertentes do ritmo, desde batidas clássicas até experimentações ousadas, consolidando seu posto como Rainha do Funk e um dos maiores nomes da música pop mundial.

Anitta.

Larissa de Macedo Machado, se tornou um dos maiores nomes da música pop latina e brasileira, conquistando reconhecimento internacional por sua música contagiante, coreografias energéticas e personalidade autêntica.

| INSTAGRAM | YOUTUBE |

Resenha Musical.

Uma volta às raízes:

O álbum abre com “Lose Ya Breath”, uma ode ao funk raiz, com batidas pesadas e versos que exaltam a força e a sensualidade da mulher funkeira. Anitta revisita influências do Miami Bass e do eletro de Los Angeles, criando uma ponte entre as gerações do gênero.

Quebrando barreiras:

Em “Double Team”, a cantora se une a Brray e Bad Gyal, para uma explosão de ritmo e sensualidade. A faixa incorpora elementos do reggaeton, mostrando a versatilidade de Anitta e sua capacidade de transcender fronteiras musicais.

Empoderamento e positividade:

Anitta levanta a bandeira do empoderamento feminino em “Joga Pra Lua”, uma parceria com Pedro Sampaio e Dennis DJ. A letra celebra a força, a beleza e a independência da mulher, enquanto a batida contagiante convida à dança e à libertação.

Homenagem aos pioneiros:

Em “Cria de Favela”, Anitta homenageia o clássico que a consagrou, revisitando-o com uma roupagem funk mais moderna e energética. A faixa é um tributo às mulheres que abriram caminho para o funk feminino e celebra a força e a representatividade do gênero.

Inovação e experimentação:

Anitta não se limita às batidas tradicionais do funk. Em “Puta Cara”, ela explora influências latinas e reggaeton, criando uma mistura contagiante e sensual. A faixa é um exemplo da constante busca da cantora por inovação e experimentação musical.

“Funk Generation” oferece algo para todos os fãs de Anitta e do funk. Com faixas contagiantes, letras empoderadas e experimentações musicais ousadas, o álbum é um verdadeiro deleite para quem busca diversão, energia e positividade.

Minha Faixa Predileta Do Álbum.

“Grip” é uma música vibrante e contagiante que representa a essência do funk carioca e da sensualidade da cantora Anitta. A música é perfeita para quem busca uma faixa animada para dançar e se divertir.

Para mais conteúdo sobre Músicas, confira a tag “Músicas” em nosso blog: Músicas.

Enzo


produto-imagem

ÁLBUM: Funk Generation, de Anitta.

8.9

PONTOS POSITIVOS
  • Diversidade de ritmos e estilos
  • Homenagem às raízes do funk
  • Experimentações musicais ousadas
  • Participações especiais de peso
  • Letras empoderadas e contagiantes
PONTOS NEGATIVOS
  • Algumas músicas podem ser repetitivas
  • Falta de músicas que explorem a temática social do funk

O que você achou do post?

Gostei
3
Inspirador
0
Amei
4
Necessário
1
Engraçado
0
Enzo Puzzilli
Olá pessoal, sou o Enzo e estou aqui para contribuir com a categoria de músicas no site WELLAS. Espero que curtam minhas playlists!

    Veja também

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    vinte + três =