POEMAS

POEMA: 16. Emergir.

A sensação que você tem quando cai em si é a mesma de emergir.

É tão contraditório, porque é exatamente afundando no mais profundo de si que você respira.

E depois da primeira respirada, você finalmente acorda, e é aí que ninguém te segura.

Você se dá conta do seu tamanho, resgata suas vontades, abre suas asas e só voa.

Voa alto, longe, livre, exatamente como tem que ser.

Se qualquer coisa faz você perder esse brilho que mora em ti, se liga, porque é hora de emergir.

@WellasDiniz


O que você achou do post?

Inspirador
8
Amei
10
Necessário
6
Engraçado
0
Wellas Diniz
Escritor, produtor audiovisual, videomaker e editor de vídeos para cinema, TV e internet. Amo ler e escrever sobre motivação e acredito que palavras são capazes de transformar o dia de alguém.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + 2 =

Veja também

Mais em:POEMAS