Mecânico que estudava escrevendo na parede se formou na faculdade
ARTIGOSMOTIVAÇÃONOTÍCIAS & HISTÓRIASPERSISTÊNCIASONHOS

Mecânico que estudava escrevendo na parede se forma na faculdade.

Tem um ditado popular que diz que o sucesso é apenas uma consequência da nossa força de vontade.

E essa história que eu vou contar hoje fala exatamente sobre isso.

A parede era o seu caderno.

Vladimir Brito é um mecânico de 34 anos, morador de Teresina, no Piauí, que viralizou na internet com uma linda história de superação e força de vontade.

Reprodução/Instagram.

Mecânico há 12 anos, Vladimir surpreendeu a todos com a sua história, pois ele usava as paredes da sua borracharia para estudar para a faculdade de Educação Física.

Ele escrevia nas paredes matérias como: Fisiologia, bioquímica e biomecânica. Assim, ficava mais fácil a memorização de fórmulas, tudo isso enquanto exercia a sua função de mecânico.

Talento descoberto.

Ele foi descoberto por Marcelo Bezerra (40 anos), que é dono de um estúdio/clínica local de atendimento personalizado para pessoas que precisam de reabilitação, emagrecimento e pacientes oncológicos, o Stúdio Personal.

Assim que soube da história de Vladimir, Marcelo ficou impressionado com tamanha força de vontade, talento e determinação e lhe ofereceu um estágio remunerado em seu Stúdio.

“As cartas de recomendações que recebi sobre ele me motivaram muito. Me arrepiei com a história dele”, contou Marcelo Bezerra em entrevista ao site Só Notícia Boa.

O importante é onde você quer chegar.

Toda história que contém esforço, determinação, força de vontade, merece um final feliz. E com Vladimir não foi diferente.

Geralmente a gente escuta histórias de pessoas que precisam abandonar os estudos porque precisam trabalhar, ou porque não conseguem tempo para estudar.

E Vladimir surpreende exatamente por isso, apesar de ser o principal responsável para manutenção financeira da sua casa, ele conseguiu conciliar o trabalho que tinha, mantendo a sua casa e as mensalidades da faculdade. Escrevendo na parede ele conseguia estudar a matéria, só provando que muita coisa depende só da gente querer muito.

Enfim a formatura.

Vladimir se formou e por baixo da sua roupa de formatura usou o seu uniforme de borracheiro, para lembrar sempre de onde veio e até onde chegou.

Reprodução/Instagram.

Vladimir é um exemplo de que não importa de onde se vem, você pode chegar onde quiser.

De borracheiro a graduado em Educação Física, Vladimir é uma prova viva de que muita coisa só depende da gente.

Essa história me inspirou muito e espero também que inspire você a acreditar mais em si.

Não importa onde você está agora, foque, o importante é onde você pretende chegar.

Fontes: Site só notícia boa, G1.


O que você achou do post?

Gostei
1
Inspirador
1
Amei
9
Necessário
1
Engraçado
0
Wellas Diniz
Escritor, produtor audiovisual, criador de conteúdo digital, editor de vídeos para cinema, TV e internet. Amo ler e escrever sobre motivação e acredito que uma boa troca de ideias é capaz de transformar o dia de alguém.

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 11 =

Mais em:ARTIGOS