AUTOAJUDACAPÍTULOSDESENVOLVIMENTO PESSOALMOTIVAÇÃOTEXTOS

CAPÍTULO 33: É difícil pra caramba acreditar.

Eu sei que é difícil pra caramba acreditar… Tem dias que a gente acorda e se questiona sobre tantas coisas, né?!

É sobre como a gente às vezes escolhe ver as coisas.

Eu sei que é difícil pra caramba acreditar… Eu não sei como você vê as coisas, mas eu prefiro me apegar que existe um motivo muito maior do que a gente pode escrever, falar, pensar ou imaginar.

Eu me recuso a acreditar que tudo seja apenas algo aleatório.

Eu me recuso a acreditar que a gente simplesmente só nasce, cresce e morre. E pronto… Acabou.

Eu prefiro me apegar na esperança.

Eu sei que é difícil pra caramba acreditar, mas eu prefiro me apegar na esperança de que por mais que as coisas estejam difíceis agora, vai passar… Qualquer dia desses eu vou acordar bem melhor… Os dias difíceis sempre acabam ficando pra trás.

Foi o jeitinho que eu fui encontrando de tentar ver o lado bom das coisas, a beleza da vida.

Foi o jeitinho que eu fui aos poucos aprendendo, pra tentar acalmar a minha ansiedade quando tudo sai do controle imaginário que eu mesmo criei.

Dias escuros.

Nem sempre é fácil conseguir enxergar. Tem dias que a gente precisa se esforçar muito pra tentar ver uma solução, né?!

Tem dias que tá tão escuro que a gente até esquece como eram os dias que havia muita luz, né?!

A gente é muito assim, tem dificuldade de enxergar o depois. Eu te entendo, e eu confesso que também tenho essa dificuldade… É difícil mesmo no meio do furacão fechar os olhos, respirar fundo, manter a calma e esperar ele passar.

A gente fica tão desesperado(a) no meio de qualquer furacão ou tempestade que a pressa faz com que a gente se perca junto com o furacão que vai arrastando tudo… E por causa disso, às vezes não fica nada… A gente perde tudo, até a esperança.

É uma construção.

Com o tempo, eu comecei a perceber que quanto mais a gente se reconstrói, mais força a gente vai adquirindo, mais destemido a gente vai ficando, mais calma a gente vai obtendo.

Só quem passa por uma construção sabe como é chato e difícil todo o processo.

Quem teve que se reconstruir várias vezes, porque enfrentou vários furacões, sabe que o processo às vezes é lento mesmo, mas é possível.

Eu prefiro acreditar.

Eu sei que é difícil pra caramba, mas eu prefiro acreditar… E se você tá passando por algumas dessas reconstruções que algum furacão devastou, eu só queria te dizer que é possível se reconstruir.

Pode ser que demore, cada um se reconstrói com as ferramentas que tem, mas pode ter certeza, quando vier outro furacão, você vai tá bem mais forte, bem mais resiliente.

E não vai ser qualquer furacãozinho que vai te assustar…

Você vai entender que é muito melhor acreditar, e vai tentar ajudar outras pessoas também a acreditar em si mesmas.

É uma missão.

No fim, talvez essa seja uma das nossas muitas missões, se fortalecer e tentar ajudar quem não consegue encontrar forças sozinho(a).

Porque sim, a gente não tá aqui só pra nascer, crescer e morrer… E pronto, acabou… Pode ter certeza que não.

@WellasDiniz


[ assista minha série de textos no Youtube ] 👇

O que você achou do post?

Gostei
8
Inspirador
8
Amei
13
Necessário
9
Engraçado
1
Wellas Diniz
Escritor, produtor audiovisual, criador de conteúdo digital, editor de vídeos para cinema, TV e internet. Amo ler e escrever sobre motivação e acredito que uma boa troca de ideias é capaz de transformar o dia de alguém.

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − dez =

Mais em:AUTOAJUDA